ter. jan 18th, 2022
Cabedelo Verão na Paraíba - Turismo no Brasil - temporadaverao.com

Temporada Verão : Cabedelo

Cabedelo Temporada Verão : prefeitura libera 100% do público em shows em dezembro

A Prefeitura Municipal de Cabedelo, município da Região Metropolitana de João Pessoa, no estado da Paraíba, publicou Decreto em que determina a retomada gradativa de público em shows e eventos esportivos na cidade, desde que atendam protocolos de segurança sanitária como distanciamento social, uso de máscaras, álcool 70º, aferição de temperatura) e exigida a apresentação do cartão de vacinação comprovando, no mínimo, a aplicação da 1ª dose da vacina há, pelo menos, 14 dias; e de teste da Covid-19 realizado há 72h antes do evento (para quem está com esquema vacinal completo, duas doses, o exame é dispensável.

O uso de máscara em todos os ambientes públicos da cidade, inclusive os espaços abertos, segue sendo obrigatório.

Público nos eventos em Cabedelo

O decreto autoriza a realização de eventos esportivos com público, nas arenas estádios e ginásios do município, com limitação de até 20% da capacidade do local, e com a proibição da venda e do consumo de bebidas alcoólicas no local.

O documento também permite a realização de shows de acordo com o calendário pré-determinado de público. Até o dia 31 de outubro – ocupação de 20% do local; de 01 a 30 de novembro – 50% da capacidade do local; de 01 a 15 de dezembro – 80%; e a partir do dia 16 de dezembro, 100% da capacidade. O cronograma poderá ser reavaliado de acordo com a situação epidemiológica do município.

Público em outros locais

Bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e similares poderão atender das 6h às 00h, com ocupação do 50% de sua capacidade. Podem ser realizadas apresentações musicais com a presença de até 6 músicos no palco, obedecendo todos os protocolos de segurança.

Já o acesso às praias, praças e parques municipais; bem como ao funcionamento de serviços como academias de ginásticas, catamarãs, missas, Cultos e cerimônias religiosas; e comércio; seguem o estabelecido em decretos anteriores

Publicação com apoio do site Réveillon no Brasil