Litoral paranaense : Verão Consciente 2020/21 aponta mais de 9,4 mil procedimentos de polícia judiciária

Litoral paranaense : Verão Consciente - Polícia Judiciária - temporadaverao.com
Litoral paranaense : Verão Consciente – Polícia Judiciária – temporadaverao.com

Litoral paranaense : Verão Consciente 2020/21 aponta mais de 9,4 mil procedimentos de polícia judiciária

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizou mais de 9,4 mil procedimentos de polícia judiciária durante o Verão Consciente 2020/21, no Litoral. A Polícia Civil atuou nas praias do dia 21 de dezembro de 2020 até o dia 9 de março de 2021, nas cidades de Matinhos, Morretes, Paranaguá, Antonina, Pontal do Paraná e Guaratuba.

No período foram registrados 7.486 boletins de ocorrência, além de solicitadas 322 medidas protetivas para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Entre os dados contabilizados ainda estão 203 mandados de prisão expedidos e 31 medidas cautelares. Também foram feitas 82 perícias papiloscópicas.

Para o delegado Gil Tesseroli, coordenador do Verão Consciente pela PCPR, a qualidade do trabalho de polícia judiciária contribui para a eficiência da fase processual. “O alto número nas atividades mostra um trabalho de qualidade, e é justamente esse que vai para a Justiça. Quanto mais efetividade nos trabalhos da Polícia Civil, mais eficiência levaremos à segunda fase que é a parte processual junto ao judiciário”, afirmou Tesseroli.  

Durante o período ainda foram elaborados 282 termos circunstanciados e lavrados 694 autos de prisão em flagrante. A PCPR também registrou 134 boletins de ocorrência circunstanciados e 11 autos de apreensão de adolescentes infratores.

SEGURANÇA – Mais de 135 policiais civis fixos e 14 itinerantes, entre delegados, investigadores, escrivães e papiloscopistas estavam atuando nos municípios do Litoral, somados ao efetivo regular.  

Mais de 20 viaturas foram acrescentadas à frota regular da região, além de um ônibus que abriga a Delegacia Móvel, ficando em pontos estratégicos para atender a população local e os veranistas. A PCPR ainda contou com o reforço de equipes das unidades especializadas de operações aéreas e operações policiais especiais.